Subscribe:

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

TEMPLO X IGREJA


TEMPLO - 1

TEMPLO x IGREJA

A palavra templo tem sido usada desde tempos remotos pela ICAR e outras igrejas da reforma, para designar seus locais de culto. No Brasil, os evangélicos sempre usavam a palavra igreja para o local de culto, mas de uns anos pra cá, passaram a usar a palavra templo. Junto a isso passaram a se construir igrejas cada vez maiores e exóticas. Parece que é pouco, chamar de igreja a um prédio grande e luxuoso, com suas colunas imensas, arcos que se multiplicam, mármores e granitos belíssimos. Templo parece refletir a grandeza que a arquitetura procura transmitir.

Há mesmo pastores corrigindo as pessoas quando usam a palavra igreja, dizendo que igreja são os crentes e nunca o edifício. Estes entendidos sugerem que seja utilizada a palavra templo no lugar de igreja.A palavra igreja,vem do grego ekkyésia e desde o início da era cristã, tanto podia se referir às pessoas, como ao local onde se reuniam.


Na CCB sempre foi usado a palavra igreja ou casa de oração. A palavra templo surge ás vezes, nas pregações de alguns irmãos. Na internet é comum encontrar as expressão templo CCB, o que na minha opinião não é conveniente.

Na revelação do Novo Testamento, nós somos o templo de Deus. Em nós, habita o Espírito Santo, quer estejamos dentro da igreja ou não. A igreja, a construção em si, nada tem de sagrado ou santo. A igreja é apenas o espaço onde os crentes se reúnem para orar, louvar, ouvir a Palavra e estar em comunhão entre si e com Deus.

Há pregadores que aplicam as expressões bíblicas que se referem ao templo judaico, às igrejas atuais. Estão equivocados. Igreja atual não é casa de Deus e não se encontra nada sobre isto nos ajuntamentos dos cristãos no Novo Testamento.

Outros há que pregam sobre a passagem onde Jesus expulsa os vendilhões do templo, no sentido literal, ou material. Pregam como se a igreja (prédio), fosse a Casa de Deus, o que não é. Esta palavra deve ser exortada, considerando o templo que é o nosso coração, o qual muitas vezes fica cheio de tanta coisa que não agrada a Deus, necessitando de uma limpeza enérgica da parte do Senhor. Santo deve ser o nosso coração e não as paredes de concreto.

Quem vai buscar no judaísmo, na existência do Templo de Jerusalém, algum fundamento para o uso da palavra hoje, está totalmente equivocado. No VT o Espírito ainda não havia sido derramado sobre toda a carne (profecia de Joel). A presença de Deus descia sobre o tabernáculo, que era um tipo de templo portátil, e com a construção do templo, descia no santuário chamado Santo dos Santos, onde estava a arca. Esta é a diferença, a presença de Deus enchia o lugar. Outro detalhe é que só havia um templo judaico e não milhares.

Hoje a presença de Deus enche os corações sinceros em milhares de igrejas espalhadas pelo mundo, e não o recinto feito de concreto, tijolos, ferros, etc. Ao no despedirmos e sairmos da igreja, fica apenas o prédio material.

Fonte: http://www.estudos-biblicos.com/igrtempl.html

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...