Subscribe:

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Gunnar Vingren pregou na CCB

Como disse no meu ultimo post, houve um debate no site apostoloprimitivo sobre a questão da mulher de Gunnar Vingren, um dos fundadores da igreja Assembléia de Deus ter pregado na CCB.


Percebi que o motivo desta alegação era o texto da entrevista do teólogo, presbítero da AD, que reproduzi aqui no comumccb Entrevista Gedeon Freire de Alencar, resposta 03, que diz o seguinte:

Gunnar Vingren era formado em teologia pelo Seminário Teológico Sueco de Chicago, era a favor da mulher no ministério - sua mulher é a prova disso. Na década de 20, no RJ, consagra mulher ao diaconato. E em sua época, as mulheres participavam, não apenas ouvindo, mas falando e dando palpites nas reuniões da igreja.


Em todas as fotos oficiais de convenção tem mulheres. Registra em seu diário que pregou na Congregação Cristã. E também nessa época tinha manifestações de "risos no Espírito" de forma que não podia continuar pregando - se isto tudo é erro ou acerto, isso não é problema meu. Mais uma vez um aviso: não estou inventando nem interpretando. Tudo está registrado em seu livro "Diário de um pioneiro" e no Jornal Boa Semente. Gunnar não era (como os demais suecos e toda a liderança assembleiana), contra o ensino teológico e formação em seminários teológicos; era a favor da mulher no ministério; era bem aberto as demais igrejas de sua época; e tinha um pentecostalismo bem "original".Por causa do comentário sobre mulheres, foi interpretado que a mulher de Gunnar, Frida Vingrem, tinha subido ao púlpito da CCB, na época, década de 20.

Lendo o texto da entrevista vemos que Gedeon Freire fala sobre esta importante serva de Deus, Frida Vingrem, na resposta à pergunta número 02. Na resposta número 03 ele está falando sobre Gunnar, e o que o diferenciava dos demais líderes suecos da Assembléia de Deus na época.

Logo, quem pregou na CCB foi o próprio Gunnar, e não Frida. Fato este que tive o cuidado de confirmar, enviando email para o próprio pastor Gedeon Freire. Em resposta, ele confirmou que, no seu diário Gunnar registra ter pregado na CCB.

Sobre este fato histórico, da qual nunca soubemos, até porque a nossa denominação não mantem registros históricos, eu considero.

Este fato deve ter ocorrido entre 1924, data em que Gunnar veio morar e pastorear a AD no Rio de Janeiro, e 1932, quando foi embora definitivamente do Brasil. A CCB tinha duas décadas de existência, e imagino como deveria ser forte as manifestações dos dons entre os primitivos.


Gunnar e Louis Francescon são, ambos, oriundos do movimento pentecostal iniciado nos Estados Unidos. Nas primeiras décadas, havia comunhão entre as igrejas, e não era estranho uum pastor pentecostal pregar na CCB. Algo que parece comprovar isto é um tópico, de 1961, proibindo os cooperadores de dar o púlpito para pastores de outras igrejas pregarem. Vários rachas ocorridos entre a comunidade pentecostal italiana, teriam reflexos na igreja no Brasil, com o isolamento da CCB das demais igrejas.

Eu acredito que foi ainda numa comunhão espiritual, que Gunnar pregou na CCB, pois segundo sua biografia era um homem cheio do Espírito Santo, e não conseguia conter-se quando sentia a presençaa de Deus.

3 comentários:

Daniel Kauphan disse...

Eu tenho em casa o Diário do Pioneiro Gunnar Víngren. Minha pergunta é: - Em que página consta o relato de que Víngren pregou na CCB ou que teve contato com Francescon?

Ps.: Ainda não encontrei.

Deus o abençoe

Valdeci Ferreira disse...

Daniel, APDD.

A informação de que ele teve contato reunindo-se com Francescon, está na página 117. A informação de que ele 'pregou' obtive do pastor Gedeon Freire, através de email.

Acredito que tenha pregado sim, pois é sabido que antes de 1961, não era incomum irmãos de outras igrejas pregarem na CCB.

Anônimo disse...

No Diário do Pioneiro diz apenas que visitou. É realmente possível que tenha pregado. No entanto, há uma carta de 1952 em que Francescon afirma que sabe do "procedimento não puro" da Assembleia de Deus e aconselha um irmão a não se associar com eles. Acredito que isso de deva às diversas manifestações estranhas na AD, conforme relatado por Gunnar Vingren, como risos, cair no Espírito etc.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...