Subscribe:

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Carta Louis Francescon 1954

Carta de Louis Francescon ao ministério da CCB reunido no Brás, no ano de 1954.

Em alguns sites, críticos da CCB afirmam que Louis Francescon alertou os ministros de que a Igreja central da CCB poderia se tornar uma nova Roma, alusão ao Vaticano. Alguém chega a dizer que Louis francescon "profetizou" que o Bras se tornaria uma nova "roma".

O que Louis Francescon diz na carta é: ninguém venha tentado a julgar que S.Paulo ao fim chegue a ser uma nova Roma. Ele fala de julgamento e não profetizou.

segunda-feira, 24 de maio de 2010

INICIO DA CCB EM SÃO PAULO

Início da Congregação Cristã em São Paulo

Louis Francescon, missionário italiano, oriundo do movimento de avivamento pentecostal nos Estados Unidos, chega ao Brasil em março de 1910. Em Chicago, recebera a missão, através de revelações espirituais e profecia do pastor W. Durhan, para levar a mensagem do avivamento às comunidades italianas no mundo.


Em 1909, junto com Giácomo Lombardi e Lucia Menna embarcam para a Argentina, para evangelizar um parente de Lucia Menna. Após deixarem alguns convertidos e batizados na Argentina, Louis Francescon e G.Lombardi chegam à São Paulo em 8 de março de 1910.

sábado, 22 de maio de 2010

AS PROFESSORAS DA CCB


O DISCURSO RELIGIOSO DA CCB E SUAS IMPLICAÇÕES NA EDUCAÇÃO FEMININA: AS PROFESSORAS DA CCB


MIGUEL, Iranilde Ferreira

RIBEIRO, Profa.Dra.Arilda Inês Miranda

Este trabalho é resultado de uma pesquisa de mestrado que trata das relações de gênero, religiosidade e as relações de poder no interior da escola.

O objetivo da dissertação foi o de provocar reflexões sobre a religiosidade e relações de gênero no contexto escolar, lugar escolhido como canteiro de obras na construção da cidadania e emancipação humana.

Elegemos como nosso objeto de pesquisa as mulheres /professoras, pentecostais seguidoras da Igreja Congregação Cristã no Brasil. Optamos por trabalhar com as professoras da CCB , pois a profissão docente é a que mais atrai as mulheres da CCB, e pela identidade /diferença que a religião confere a essas mulheres. Pertencer a CCB implica ser uma mulher diferente: cabelos compridos, saias, blusas com mangas, ausência de jóias ou pinturas. Para Guacira Lopes Louro (2004), os sujeitos são definidos por uma multiplicidade de sinais, códigos e atitudes que produzem referências que fazem sentido no interior da cultura. Cabe-nos ressaltar que essa multiplicidade de sinais e códigos são elementos que estabelecem as relações de gênero no interior da igreja e definem os sujeitos, mulheres e homens. Ressaltamos ainda que a CCB, apesar de ser classificada com uma igreja pentecostal, possui características próprias que a diferencia das demais igrejas dessa crença. Dentre essas diferenças destacamos o caráter apolítico, antidizimista e o distanciamento deliberado da mídia.

quarta-feira, 12 de maio de 2010

CONGREGAÇÃO CRISTÃ NA ÍNDIA

Segue abaixo, imagens comprobatórias acerca dos empreendimentos missionários desenvolvidos em terrítório indiano. As presentes imagens, foram gentilmente cedidas por nosso irmão JOSÉ ROQUE CORTEZ, filho de nosso Ancião FLORAVANTE CORTEZ (Cerquilho / S.P), responsável pela implantação e superintendência da Congregação Cristã em Israel, (e demais nações do Oriente Médio), além do sub-continente indiano:


IRMÃO  EDENELSON

site: http://ccbsemcensuras.forumeiros.com/

Ao fundo, Ancião Floravante Cortez (abraçado a um neófito nativo)

A frente, seu colaborador Diácono David Antunes Corrêa (Itapetininga / S.P)

terça-feira, 11 de maio de 2010

Fotos Jerusalém

Monte das Oliveiras
Visitem este site Jerusalemshots  e vejam fotos belíssimas de Jerusalém e arredores. O site  é em ingles, com opções em espanhol, fácil de navegar e visualizar as imagens.

Pode-se enviar cartão com imagem, copiar o código html para inserir em sites, ou clicando em Wallpapers, salvar a imagem em várias resoluções e outros  recursos.






© RomKri

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Centenário CCB x AD

Centenário na CCB

Não se fala de centenário na CCB. Não há nenhum programa de comemoração do centenário da CCB neste ano de 2010, em andamento. Não foi criado selo comemorativo e nem há eventos ligados ao tema. Louis Francescon é um desconhecido da maioria da irmandade.

Para entender o motivo desta atitude da igreja, é preciso olhar para a história e para o seu ethos.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...