Subscribe:

sábado, 22 de maio de 2010

AS PROFESSORAS DA CCB


O DISCURSO RELIGIOSO DA CCB E SUAS IMPLICAÇÕES NA EDUCAÇÃO FEMININA: AS PROFESSORAS DA CCB


MIGUEL, Iranilde Ferreira

RIBEIRO, Profa.Dra.Arilda Inês Miranda

Este trabalho é resultado de uma pesquisa de mestrado que trata das relações de gênero, religiosidade e as relações de poder no interior da escola.

O objetivo da dissertação foi o de provocar reflexões sobre a religiosidade e relações de gênero no contexto escolar, lugar escolhido como canteiro de obras na construção da cidadania e emancipação humana.

Elegemos como nosso objeto de pesquisa as mulheres /professoras, pentecostais seguidoras da Igreja Congregação Cristã no Brasil. Optamos por trabalhar com as professoras da CCB , pois a profissão docente é a que mais atrai as mulheres da CCB, e pela identidade /diferença que a religião confere a essas mulheres. Pertencer a CCB implica ser uma mulher diferente: cabelos compridos, saias, blusas com mangas, ausência de jóias ou pinturas. Para Guacira Lopes Louro (2004), os sujeitos são definidos por uma multiplicidade de sinais, códigos e atitudes que produzem referências que fazem sentido no interior da cultura. Cabe-nos ressaltar que essa multiplicidade de sinais e códigos são elementos que estabelecem as relações de gênero no interior da igreja e definem os sujeitos, mulheres e homens. Ressaltamos ainda que a CCB, apesar de ser classificada com uma igreja pentecostal, possui características próprias que a diferencia das demais igrejas dessa crença. Dentre essas diferenças destacamos o caráter apolítico, antidizimista e o distanciamento deliberado da mídia.

Entendemos que o exercício do credo religioso não é tarefa fácil no terreno escolar, principalmente para as mulheres que professam a doutrina da CCB, uma vez que são vistas como diferentes. Diferença esta, que na maioria das vezes, é vista como marginal , e decisiva ao determinar o lugar dessas mulheres no espaço escola.

Trabalhamos com o argumento de que na luta pela cidadania e pela emancipação humana, gênero e religiosidade são elementos importantes, que não podem ser desconsiderados como condição de cidadania e humanização.

Posto isto, esclarecemos ao leitor que ao longo da pesquisa não abordamos aspectos sobre a essência da religiosidade e do cristianismo no interior da CCB. Nossa atenção esteve voltada para as diferenças, produzidas nas questões do gênero femininos, pela religiosidade e seus desdobramentos no espaço escola, sem pretensões de aprofundamento nas teorias da religião e da religiosidade.

Clique no link para baixar a tese completa em pdf: AS PROFESSORAS DA CCB

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...