Subscribe:

sábado, 28 de agosto de 2010

Escola Dominical

Robert Raikes
1. Escola Dominical

Todas as igrejas evangélicas brasileiras desenvolvem aos domingos uma atividade chamada Escola Dominical, de manhã ou à tarde, num período de cerca de duas horas. Promovem assim o estudo bíblico direcionado aos membros e visitantes, que são divididos em grupos por faixa etária.

A Escola dominical faz parte do trabalho ministerial dos líderes evangélicos, instruindo os membros e os novos ingressos na igreja nas Escrituras, ou seja, tanto ela nivela o conhecimento como introduz o novo membro à doutrina religiosa. Tanto as igrejas tradicionais históricas, como as Presbiterianas, Batistas, Metodistas e Luteranas quanto as chamadas avivadas ou renovadas como as pentecostais e neopentecostais possuem Escola Dominical.

Na Igreja evangélica Congregação Cristã no Brasil (CCB) não há Escola Dominical segundo o modelo adotado na grande maioria das igrejas evangélicas. Há, porém, geralmente aos domingos, de manhã, à tarde ou á noite, cultos denominados “Reuniões de Jovens e Menores” destinados a jovens e crianças.

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

CCB Africa fotos

Estas fotos são de 2006 mas desejo compartilhar, pois me comove ver como Deus está abençoando a obra na África. Muitas igrejas e missões estão concentrando esforços para anunciar o evangelho entre as nações africanas, e a CCB marca sua presença ali. No início uma singela salinha, mas aos poucos uma congregação é levantada, abrigando o povo para louvar a Deus.

domingo, 15 de agosto de 2010

Histórico Musical CCB

  

HISTÓRICO MUSICAL E INSTRUÇÕES REGULAMENTARES PARA AS ORQUESTRAS

 Este pequeno livreto disponível nas seções de Bíblias das Congregações traz a história das orquestras e regulamentos para o funcionamento da mesma. A orquestra na CCB se destaca não apenas pela quantidade de músicos mas pela disciplina, que visa manter a ordem nos cultos. Assim como nos serviços religiosos evita-se o individualismo e a exaltação de talentos, na orquestra a intenção é que ninguém se destaque ou apareça mais que o outro.

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Emilio Conde batizado na CCB

Emilio Conde , chamado de apóstolo da imprensa evangélica pentecostal no Brasil, era italiano e Deus o converteu através da Congregação Cristã no Brasil. Sua contribuição é imensa para a CPAD, editora da Igreja Assembleia de Deus, igreja que desde o seu início preocupou-se em divulgar o evangelho através da impressão de pequenos jornais e posteriormente livros.

É lamentável que a denominação de origem de Emílio Conde nunca tenha tido esta iniciativa, tanto para divulgar a mensagem cristã como para possuir um órgão de comunicação com seus membros através da escrita. Com seu talento, Emílio Conde marcou a história da AD e ficamos a imaginar, quantos homens de Deus como ele, talentosos, nestes 100 anos de CCB, deixaram de ser aproveitados para o bem da irmandade e da divulgação do evangelho do Senhor Jesus Cristo.

Nasceu no dia 8 de outubro de 1901, em São Paulo. Seus pais, João Batista Conde e Maria Rosa eram de origem italiana. Conseqüentemente, o primeiro contato de Emílio com o Evangelho foi na Congregação Cristã no Brasil, fundada por italianos.

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Cemiterio dos Protestantes

O Cemitério dos Protestantes de São Paulo



Alderi Souza de Matos

Além do seu significado sentimental e humano, os cemitérios são uma valiosa fonte de informações históricas e um vínculo importante com o passado, quer para indivíduos ou instituições. O objetivo deste artigo é tecer algumas considerações sobre a importância dos cemitérios para a história do protestantismo brasileiro e, em especial, destacar a relevância do Cemitério dos Protestantes de São Paulo para a história da Igreja Presbiteriana do Brasil.



sábado, 7 de agosto de 2010

HINO 376 HINARIO CCB


Durante a copa do mundo de futebol, a Alemanha se destacou, e por diversas vezes ouviu-se a execução do hino nacional alemão. O hino 376 do hinário atual da CCB, Hinos de Louvores e Súplicas a Deus, era cantado com a mesma melodia de Joseph Haydn, mas foi alterado.

A explicação é que havia muitos judeus morando próximo a CCB no bairro Bom Retiro em São Paulo e a execução do hino traziam-lhes lembranças dolorosas das atrocidades cometidas pelos nazistas na II Guerra mundial.  Outra explicação também aceita é que judeus convertidos na CCB também sentiam-se incomodados em cantar este hino com a melodia do hino nacional alemão.

domingo, 1 de agosto de 2010

Michele Nardi, o evangelista italiano

Michele Nardi

MICHELE NARDI


Michele Nardi foi o instrumento usado por Deus para evangelizar Louis Francescon e com certeza muito influenciou nas suas crenças e no seu modo de evangelizar. Pregador incansável que dedicou sua vida para anunciar o evangelho aos seus compatriotas, ele é a peça que faltava para compor o mosaico histórico do Movimento pentecostal Italiano.

A história deste grande missionário serve para desfazer também o mito de que Louis Francescon era um valdense, pois ele era um católico romano e Michele Nardi também era antes da sua conversão.  O fato dele conviver com os valdenses na Igreja presbiteriana italiana em Chicago não fez dele um valdense, pois anos depois ele deixará esta igreja, mesmo sendo formada por crentes valdenses, com um pastor abençoado como era Fillippo Grill. Este texto lança luz sobre o porque da união de Valdenses e presbiterianos.


Biografia

Michele Nardi nasceu em 2 de novembro de 1850 em Savignano sul Rabicone, província de Fróli na Itália, às margens direita do Rio Rubicone. Sua família era católica romana e seu pai era comerciante. Aos dezessete anos foi soldado voluntário e participou da Batalha de Mentana contra o exército de Napoleão III, que defendia o papado romano, tendo sido condecorado com duas medalhas por bravura.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...