Subscribe:

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

AS TABUAS DE PEDRAS

O povo de Israel foi tirado do Egito, por força divina, e no deserto, Deus celebrou uma Aliança com eles. No monte Sinai, também chamado monte Horebe, receberam a revelação de Deus e as Tábuas dos Dez Mandamentos.

Segundo as tradições judaicas, a revelação no Monte Sinai é um momento crítico na confirmação da aliança entre Deus e a nação de Israel e um ponto alto na história do judaísmo.

A história destas tábuas é interessante e ainda hoje provoca polêmicas. Quem defende a guarda do sábado, por exemplo, usa do argumento de que as tábuas foram escritas pelo dedo de Deus e há quem diga que as primeiras tábuas foram quebradas e outras foram escritas por Moisés.

As primeiras Tábuas de pedra

No livro de Êxodo há o relato da jornada dos israelitas desde o Egito pelo deserto, até o monte Sinai, onde se acamparam ao pé do monte. Neste local ocorreram eventos importantes, e dentre eles, o monte em chamas, com raios e trovões e uma espessa nuvem de onde se ouvia a voz de Deus falando com Moisés.

Em meio a demonstração do poder de Deus, Moisés recebe uma ordem: Sobe a mim ao monte, e fica lá; e dar-te-ei as tábuas de pedra e a lei, e os mandamentos que tenho escrito, para os ensinar. Moisés obedeceu e subiu ao cume do monte para receber as instruções divinas.

Quando Deus terminou de falar com Moisés no monte Sinai, deu-lhe as duas tábuas do testemunho, tábuas de pedra, escritas pelo dedo de Deus. (Exo 31:18) Tábuas escritas de ambos os lados; de um e de outro lado estavam escritas. E aquelas tábuas eram obra de Deus; também a escritura era a mesma escritura de Deus, esculpida nas tábuas (Exo 32:15-16)

A expressão Tábuas do Testemunho, só aparece duas vezes e está ligada à Aliança de Deus com o povo de Israel no Sinai. As palavras escritas estabeleciam as condições desta Aliança, e que são na verdade os Dez mandamentos. Confirmação disso está em Deu 4:13, Entäo vos anunciou ele a sua aliança que vos ordenou cumprir, os dez mandamentos, e os escreveu em duas tábuas de pedra.


Quanto ao tamanho das pedras, podemos imaginar que fossem menores do que as medidas da Arca da Aliança, onde deveriam ser colocadas as duas Tábuas do Testemunho. A Arca media 113 cm de comprimento, 68 cm de largura e 68 cm de altura, e só podemos imaginar as duas tábuas como algo que coubesse tranquilamente neste espaço.


A quebra das Tábuas

Moisés demorou-se no monte 40 dias e 40 noites, e não comeu pão e nem bebeu água. O povo que aguardava no arraial, vendo que Moisés demorava, começou a pensar que ele não retornaria. Chegaram-se então, a Arão e pediram que lhes fizesse outros deuses para os guiarem. Arão tomou ouro dos pendentes das orelhas do povo, e fez o bezerro de ouro, o qual passaram a adorar como um deus e a quem ofereceram sacrifícios.

Quando ainda no monte, Moisés recebe um aviso de Deus sobre o que o povo tinha feito de abominável lá embaixo. Moisés desce depressa do monte com seu auxiliar Josué, trazendo as duas tábuas de pedras nas mãos, pedras escritas pelo dedo de Deus.

No arraial, Moisés contemplou uma cena grotesca de festa de idolatria, o povo dançando todos despidos diante do bezerro de ouro. Ao ver aquilo, acendeu-se-lhe o furor, e arremessou as tábuas das suas mäos, e quebrou-as ao pé do monte.


Este foi o fim das primeiras tábuas escritas pelo dedo de Deus, quebradas pela indignação que tomou conta de Moisés naquele momento.


Alguns especulam que Moisés quebrou-as porque as pedras pesaram demais ao deparar-se com a cena de idolatria, ou porque achou que o povo não merecia ter aquelas tábuas escritas por Deus, tamanho era seu pecado. São apenas especulações, já que a Bíblia não relata o real motivo dele ter quebrado as tábuas.

Mesmo quando está relembrando o fato aos israelitas em Deut 9:17 , Moisés não dá maiores explicações: Entäo peguei das duas tábuas, e as arrojei das minhas mãos, e as quebrei diante dos vossos olhos.


Novas Tábuas

O pecado do bezerro de ouro causou a morte de três mil almas, grande descontentamento de Deus com o seu povo e desconfiança de todos sobre o que sucederia, principalmente depois que Deus disse que não iria mais com eles na jornada, mas enviaria um anjo. Moisés não aceitou e exigiu que a Sua presença os acompanhassem e Deus o atendeu, pois Deus conhecia Moisés pelo nome e falava abertamente com ele.


Deus dá ordem para Moisés: Lavra duas tábuas de pedra, como as primeiras; e eu escreverei nas tábuas as mesmas palavras que estavam nas primeiras tábuas, que tu quebraste. (Exo 34:1). Moisés subiu novamente ao monte e Deus desceu numa nuvem sobre o cume do monte e tornou a falar com ele.


E esteve ali com o SENHOR quarenta dias e quarenta noites; näo comeu päo, nem bebeu água, e aconteceu que, descendo Moisés do monte Sinai trazia as duas tábuas do testemunho em suas mäos, sim, quando desceu do monte, Moisés näo sabia que a pele do seu rosto resplandecia, depois que falara com Ele.(Exo 34:29).

Quem escreveu as novas tábuas?

Muitos céticos afirmam que há uma contradição no texto bíblico a respeito da autoria das segundas tábuas de pedra, motivo para desacreditar a Bíblia. Dizem eles que a bíblia afirma em Exo 34 que Moisés escreveu as novas tábuas após ter quebrado as primeiras, escritas pelo dedo de Deus.


Esta é a passagem que eles dizem que foi Moisés quem escreveu nas tábuas:


Disse mais o SENHOR a Moisés: Escreve estas palavras; porque conforme ao teor destas palavras tenho feito aliança contigo e com Israel.


E esteve ali com o SENHOR quarenta dias e quarenta noites; näo comeu päo, nem bebeu água, e escreveu nas tábuas as palavras da aliança, os dez mandamentos.(Exo 34:27-28).


Mas em Det 10, Moisés afirma que foi Deus quem escreveu as novas tábuas.


1 Naquele mesmo tempo me disse o SENHOR: Alisa duas tábuas de pedra, como as primeiras, e sobe a mim ao monte, e faze-te uma arca de madeira;
2 E naquelas tábuas escreverei as palavras que estavam nas primeiras tábuas, que quebraste, e as porás na arca.
3 Assim, fiz uma arca de madeira de acácia, e alisei duas tábuas de pedra, como as primeiras; e subi ao monte com as duas tábuas na minha mäo.
4 Entäo escreveu nas tábuas, conforme à primeira escritura, os dez mandamentos, que o SENHOR vos falara no dia da assembléia, no monte, do meio do fogo; e o SENHOR mas deu a mim;
5 E virei-me, e desci do monte, e pus as tábuas na arca que fizera; e ali estäo, como o SENHOR me ordenou.


Um exame mais atento mostra que não há contradição nas duas passagens.


Primeiramente entendemos perfeitamente claro, pela passagem em Deut 10:1-4, que foi Deus quem escreveu as novas tábuas do Testemunho. “ Então (Deus) escreveu nas tábuas, conforme à primeira escritura, os dez mandamentos”.


Moisés lavrou as duas pedras mas foi Deus quem escreveu nelas os dez mandamentos.Verificando a passagem em Exo 34:27:

Disse mais o SENHOR a Moisés: Escreve estas palavras; porque conforme ao teor destas palavras tenho feito aliança contigo e com Israel.


Quando Deus diz pra Moisés escrever “estas palavras”, precisamos ver o contexto para entender o que são estas palavras. Lendo os versículos anteriores, percebemos que não se trata dos Dez mandamentos. Do versículo 10 ao 26, Deus passa a Moisés instruções cerimoniais e jurídicas e não os Dez Mandamentos falados em Exo 20:2-7.


Quando Moisés subiu ao monte para receber as novas tábuas, Deus lhe disse: Lavra duas tábuas de pedra, como as primeiras; e eu escreverei nas tábuas as mesmas palavras que estavam nas primeiras tábuas, que tu quebraste.


Deus afirma categoricamente que Ele escreveria nas novas tábuas e não Moisés, e sabemos que Deus não mente.


Em Exo 34:28 diz que Deus cumpriu o que prometera: E esteve ali com o SENHOR quarenta dias e quarenta noites; não comeu pão, nem bebeu água, e escreveu nas tábuas as palavras da aliança, os dez mandamentos.


Conforme a passagem de Deut 10, nas duas tábuas Entäo escreveu nas tábuas, conforme à primeira escritura, os dez mandamentos, que o SENHOR vos falara no dia da assembléia, no monte, do meio do fogo; e o SENHOR mas deu a mim;
Portanto, não se sustenta esta afirmação de contradição, porque as duas passagens se complementam.

A Lei é composta de cerca de 613 preceitos, e conforme os relatos, Deus escreveu nas duas tábuas de pedra apenas o Decálogo, ou os Dez Mandamentos. Os demais preceitos, Deus ditava e Moisés escrevia num livro.


Estas novas tábuas também são chamadas de Tábuas do Testemunho, contendo a mesma escritura das primeiras, e serão colocadas na Arca.


Conclusão

Tanto as primeiras como as segundas tábuas de pedra foram escritas por Deus e dadas ao povo de Israel, significando a importância daquela aliança. Esta primeira aliança, ou Antiga Aliança foi feita apenas com a nação de Israel no Monte Sinai. As verdadeiras "palavras da Aliança" são os Dez Mandamentos que foram escritos em tábuas de pedra com o dedo de Deus.


Os Dez Mandamentos, Tábuas de Pedra, Tábuas do Testemunho, Primeira Aliança significam todas uma mesma coisa que é o concerto entre Deus e Israel. Trata-se de um código específico de leis estabelecendo as condições desta aliança e a Bíblia não separa deste código uma “lei moral”, como alguns pretendem.

No Novo Testamento, em diversas passagens, há o contraste entre a Antiga Aliança e a Nova Aliança, realizada em Jesus Cristo, pelo Seu sangue, evidenciando que se esta primeira fosse perfeita, não haveria necessidade da segunda. Algumas pessoas tentam de todas as formas empurrar a Antiga Aliança para os cristãos, portanto, negando que Cristo substituiu a antiga, por um novo e melhor pacto

5 comentários:

reginaldo sirino disse...

a paz de deus gostaria de chegar a te os ancioes do bras pedindo.oraçem a deus para voltar a minha liberdade pois sou musico e tenho vontade de voltar a tocar

Valdeci disse...

Irmão Reginaldo, deves procurar o ministério da igreja onde vc congrega e expor seu caso. É o caminho que eu conheço. mas se por algum motivo, não puder voltar a tocar, o importante é continuar a crer em Nosso Senhor Jesus Cristo.

Deus abençoe

Luiza disse...

Amei o que escreveu, ajuda bastante agente entender melhor, o que eu gostaria de saber é se as tábuas ainda existe ? se não, em algum momento a bíblia fala como ela se quebrou, sumiu ? pequiso e nunca acho, parabéns e que Deus fique com você!

verinha disse...

Pastor me xplique uma coisa, Jesus seguia qual evangelho? creio que o velho testamento ou seja Moises eos profetas, a Biblia de Jesus era o velho testamento, sabemos que o novo veio apos Jesus.
Jesus pecou? creio que nao, do contrario ele nao poderia nos salvar,se ele seguia o velho testamento então ele seguia os Dez mandamentos, então ele guardou o sabado.
A Biblia diz que ele veio fazer a vontande do Pai, seria possivel que Jesus viesse contradizer a palavra do Pai dizer que ele e o pai sao mentirosos, nao acredito nisso a palvra diz que Deus nao muda.(Porque eu sou o Senhor e não mudo; e vós, ó filhos de Jacó, não sois ainda um povo extinto.
Malaquias 3:6 Mas a palavra do Senhor permanece para sempre.
1 Pedro 1:24-25 ) porque jesus mudaria a palavra de Deus? Se Jesus é Deus ele tem dua palavras?Não penseis que vim revogar a Lei ou os Profetas, não vim para revogar, vim para cumprir. Porque em verdade vos digo, até que o céu e a terra passem, nem um i ou um til jamais passará da Lei, até que tudo se cumpra.” Mateus 5:17-18.
Oras o ceu e a terra nao passaram, então a lei ainda é valida,o que Jesus aboliu foi ordenaças de Sacrificio , pois ele mesmo é o cordeiro de Deus que foi oferecido em sacrificio.
Deus não é como os homens, que mentem; não é um ser humano, que muda de ideia. Quando foi que Deus prometeu e não cumpriu? Ele diz que faz e faz mesmo. Núm. 23:19.

Oras se Deus não muda, não mente,
não anula a lei,Deus so tem uma palavra.
E quanto a lei ele a repetiu 3 veses, primeiro ele falou depois escreveu ,e apos as tabuas serem quebradas ele as escreveu de novo,detalahe so na Biblia Os 10 mamdamentos foram repetidos 2 vezes,porque sera que Deus mudaria somente o sabado, se a lei foi abolida e ouve uma nova aliança porque nao podemos matar roubar, adulterar, porque so o sabado mudaria, o unico mandamentos que mostra Deus como criador de tudo e de todos,lei é um conjunto de regras, se vc segue a lei de transito mas atravessa o sinal vermelho, esta seguindo a Lei? se voce nãomata mas rouba esta seguindo a lei? nao voce esta fora da lei.
Não faz sentido Deus ter tirado um mandamento da sua lei, fazendo que ela seja 9 manadamentos, nao faz sentido porque Deus nao muda, se meu Deus tivesse duas palavras ele seria como o homemem indgno de confiança.
E finalizando quem é o nosso exemplo? creio que seja Jesus, então devemos guardar os mandamentos como ele assim o fez.
Marcos 2:27 e 28 E acrescentou: O sábado foi estabelecido por causa do homem, e não o homem por causa do sábado; de sorte que o Filho do Homem é senhor também do sábado.
O sábado foi feito para que o homem tivesse tempo para repousar e ter uma relação intima e pessoal com o seu Criador e Salvador. Jesus é o nosso exemplo, o nosso pastor e somente a ele devemos obedecer porque somente nesse Pastor (Jesus) encontramos salvação.

verinha disse...

As Leis do universo são imutáveis.

Nosso Deus é imutável e suas Leis também.

“Porque Eu, o Senhor, não mudo….” Mal.3:6

“Toda boa dádiva e todo dom perfeito são lá do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não pode existir variação ou sombra de mudança.” Tiago 1:17

Nosso Deus não é igual aos deuses mitológicos que mudavam de humor de acordo com a oferenda a eles oferecida. Muito pelo contrário, Ele é um Deus fiel e justo.

Como confiaríamos em um Deus que não fosse assim? Como confiaríamos em um Deus que mudasse as regras quando bem lhe aprouvesse?

A Lei de Deus sempre existiu.

Nunca foi e nunca será mudada, pois ela representa o caráter de um Deus imutável. Adão e Eva foram tirados do Jardim por desobedecerem a Lei de Deus. Caim foi rejeitado por não tê-la obedecido. Noé foi achado justo perante a Lei de Deus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...