Subscribe:

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Linguagem CCB

LINGUAGEM  CCB



No meio dos crentes evangélicos da Igreja Congregação Cristã no Brasil, é comum o uso de algumas palavras e expressões, que não são facilmente compreendidas por quem não pertence a esse meio.

Trata-se de um vocabulário já em uso há muitos anos e que serve como marca de identidade ainda em uso. Reuni neste post algumas delas.


COMUM

A igreja local que a pessoa habitualmente freqüenta, normalmente mais próxima da sua casa. Geralmente se pronuncia apenas a palavra comum, no lugar de comum congregação.

CONGREGAR

Congregar significa ir a Igreja, participar do culto. Ainda se usa as formas conjugadas: congregamos, congreguei, congregou

IRMANDADE

Refere-se ao conjunto dos membros da Congregação, o mesmo que fraternidade. Atualmente não é muito usada, mas tem raízes na fraternidade das comunidades italianas espalhadas pelo mundo no início do século 20.

RECOLHER

Se diz quando alguém expira, estando firme da fé, que Deus recolheu aquela alma para Seu Reino. É o mesmo que dormir no Senhor.

TESTEMUNHANÇA

Momento no culto onde o membro pode contar alguma bênção recebida de Deus. O ato de se levantar para contar chama-se testemunhar.

TESTEMUNHADO

Se diz da pessoa que ouviu o evangelho segundo a pregação da Congregação Cristã, sendo que geralmente já está indo à Congregação, mas não se batizou ainda.

GRAÇA

Favor imerecido de Deus, mas que normalmente o crente associa com a sua denominação

CHAMAR NA GRAÇA

Batizar na Congregação Cristã

CAIR DA GRAÇA

Cometer pecados (normalmente sexuais graves) e perder a liberdade de membro da Igreja.

NASCI NA GRAÇA

Muitos filhos que ao nascerem seus pais já eram crentes, costumam dizer isso, apesar de o correto ser: nasci num lar cristão, ou nasci de pais crentes.

OBRA DE DEUS

Refere-se a Congregação Cristã como um todo.

FICAR SEM LIBERDADE

Não poder mais chamar hinos, orar e testemunhar na igreja, se for ministro, não poderá executar nenhum serviço religioso, por quebra da doutrina.

DESPEDIR

Os jovens, quando vão se casar, costumam levantar-se e “despedirem-se” da mocidade, notificando que é o ultimo culto ou reunião que participam como solteiros.

LEVAR/TRAZER SAUDAÇÃO

Quando o membro vai em visita a outra comunidade, alguns costumam levantar-se e dizer que desejam levar saudação para aquela comunidade, ao que o povo responde com amém, querendo dizer, sim. Da mesma forma poderá trazer saudações de outras igrejas.

DESCER ÀS ÁGUAS

Ser batizado nas águas

CRIATURA

Todas as pessoas que não são da CCB e também não são testemunhados. Usada por muito tempo, já saiu ensinamento para não ser usada.

ENSINAMENTO

São tópicos de doutrinas que o Conselho de Anciães distribui ao ministério anualmente, mas que os membros só tem acesso ouvindo o ministério pregar nas igrejas.

SEITÁRIO

Qualquer evangélico que não pertence a CCB. Muitos ainda a utilizam, internamente, ao se referirem a crentes de outras igrejas.

REVESTIDO

Se diz de irmãos pregadores cheio de virtude, fervorosos.

RECEBER A PROMESSA

Receber o dom de novas línguas

SELADO COM A PROMESSA

Receber o dom de novas línguas

MANIFESTAÇÃO

Pouco usada se diz de várias pessoas falando em novas línguas com muito fervor. Na verdade eu acredito que o sentido correto seria "manifestação do Espírito Santo", mas na prática se diz que a pessoa está manifestando. Estranha esta expressão, heim.

SERVO DE DEUS

São todos os crentes que obedecem a Deus, mas geralmente aplicado aos irmãos do ministério

1 comentários:

evangelicas disse...

KAKAKAKA............
CONCORDO, MANIFESTAR,DÁ A IMPRESSAO DE Q A PESSOAL ESTÁ MANIFESTANDO EM UM MANIFESTO EM PRAÇA PUBLICA!
APDD

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...