Subscribe:

terça-feira, 15 de novembro de 2011

RECITATIVOS



Recitativo Reunião de Jovens e Menores
 Recitativos é o momento nas Reuniões de Jovens e Menores, na Congregação Cristã, onde jovens e crianças recitam um versículo bíblico cada um, previamente decorado. Fazem isso se posicionando ordenadamente na frente do púlpito, divididos em conjuntos de acordo com a faixa etária e acompanhados por um jovem chamado de Auxiliar de Jovens. Até as crianças não-alfabetizadas formam um conjunto e recitam, repetindo a leitura que um Auxiliar faz de um ou dois versículos bíblicos.

Cada conjunto tem um Auxiliar de Jovens, que é um jovem ou adolescente responsável por escolher o capítulo e distribuí-lo para os integrantes, através de pequenos cartões. Na hora do recitativo, o Auxiliar segue por detrás do conjunto, acompanhando o recitativo com a Bíblia e repetindo o versículo baixinho, caso o jovem tenha esquecido.

Recitei nas reuniões desde a infância e já batizado, na adolescência, sentia alegria em recitar. Costumava decorar e recitar vários versículos e em algumas ocasiões, recitei capítulos inteiros. Atualmente, muitos jovens não decoram o versículo, mas apenas escrevem no papelzinho e lêem. Fico triste em saber que tem jovem que não gosta de recitar e alguns adultos ainda criticam esta parte, da qual me lembro com saudade.

Estudo bíblico

Alguns críticos acham que os recitativos deveriam ser substituídos por estudo bíblico. Isto é impraticável, na atual estrutura da nossa igreja. Para ser eficiente, o ensino bíblico deve ser sistemático, ministrado por alguém com conhecimento teológico e didático adequada aos jovens e crianças. Sabemos que muitos dos cooperadores de jovens atuais não tem este perfil, porque na CCB não é exigido conhecimento teológico para o ministério.

A Reunião de Jovens e Menores possui características de um culto oficial da igreja, onde o foco é o louvor, adoração e pregação, considerado o momento alto do culto, onde Deus fala com os jovens e crianças. O aprendizado bíblico não ocupa o primeiro plano e a formalidade e solenidade do culto, restringe qualquer método didático interativo entre jovens, crianças e líder. Recentemente foi proibida até as perguntas que os jovens estavam fazendo em algumas reuniões de Mocidade.

O povo da CCB está acostumado com o culto centrado em Deus e qualquer mudança neste sentido encontra resistências. Nós aprendemos que o importante no culto é a presença de Deus e a Sua palavra, vinda por inspiração ao pregador. Por causa destas características, a recente tentativa de implantar um culto de perguntas e respostas bíblicas no lugar do recitativo não obteve sucesso, pois era uma mudança parcial, não eliminando o recitativo e nem implantando um estudo bíblico completo.

Recitar

Recitar é um presente de Deus. Quando estamos na Congregação, naquele momento, espiritualmente é como se estivéssemos na Casa de Deus. Recitar é oferecer uma oferta de louvor a Deus poder fazer isto, é uma dádiva, um privilégio, que muitos gostariam de ter. Muitos irmãos que se batizaram já adultos, gostariam de ter desfrutado desta experiência e muitos jovens e crianças tem desejo de recitar e não podem, por algum motivo.Aqueles que Deus tem concedido, nunca devem deixar de recitar, ainda que alguém critique e diga que o recitativo não tem valor algum.

Cooperadores de jovens devem ensinar e reforçar para  a mocidade o quanto devem agradecer a Deus, pelo momento especial de estar diante de Deus e poder recitar uma parte da Sua Palavra. Se nossas orações e louvores ficam em memória diante de Deus, os recitativos também ficam.

Recitativo é louvor, súplica e pregação. Quando recitamos, falamos com Deus, pregamos para alguém que nos ouve ou para nós mesmos. O salmista Davi recitava salmos, suplicando, pregando e profetizando, acompanhado de instrumentos de música. O próprio Senhor Jesus, na derradeira hora na cruz, recitou o Salmo de Davi, número 22: “Deus meu, por que Me desamparaste?”. 

Qualquer crente pode decorar passagens bíblicas e recitar diante de Deus e isto pode ser muito edificante para a vida espiritual. Voce pode recitar na oração, andando na rua, a pé ou de carro, trabalhando e até deitado no seu leito. Em voz baixa ou em pensamento, estará como o salmista, meditando e se alegrando na lei do Senhor e estabelecendo comunhão com Deus. Podes começar recitando o Salmo 23, que é muito bom recitar nas horas difíceis da vida.

Aos jovens

Lembra-te do Senhor nos dias da tua mocidade. O tempo passa muito rápido e logo estará na idade  de lembrar dos recitativos nas reuniões de jovens e sentirás saudade daqueles tempos.  Chegará o tempo de perceber que a época da sua mocidade, em que subias para a Congregação,  com a única missão de recitar, foram os melhores anos da sua vida. O  recitativo faz parte desta fase da vida, e deve-se recitar com alegria, de cabeça erguida e voz alta e limpa, crendo que está recitando para o Senhor e não para agradar o cooperador de jovens ou outra pessoa. Tudo o que fazemos para o Senhor, não ficará esquecido.
.

4 comentários:

O último romantico? disse...

Deus que Abençoe pelo conselho, foi muito util pra mim que ainda recito

Anônimo disse...

eu sou auxiliar,e ja sinto saudades,mesmo que ainda recito,e a minha mocidade nao se acabou. falou em recitativo;reuniao de jovens a lagrima corre no meu olho.....

JESIELE FERREIRA disse...

Pela misericórdia d Deus sou auxiliar na minha comum há 3 anos, amo fazer recitativo para as jovens, não tem coisa melhor que recitar e ver que Deus usar do seu filho enquanto de moças estão recitando, vc se sente realizada e sabe que Deus está na sua Vida te guiando p fazer os recitativos.

Elias Simão do Amparo disse...

Recitei durante muitos anos,(agora casado)só resta saudades...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...